Notícias

Atletas recebem investimento da Assim saúde

Em 2013, Assim investe em marketing esportivo e firma patrocínio com o piloto de kart Renatinho, o para-atleta Edson Rocha e a equipe de estudantes de medicina da UFRJ

A Assim Saúde está investindo no esporte carioca. A empresa, que em 2013 completa 25 anos de existência, acaba de renovar três contratos de patrocínio no segmento: com o piloto de kart Renatinho, o para-atleta Edson Rocha e a equipe de estudantes do curso de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que participam anualmente das olimpíadas estudantis. O evento que celebrou a parceria aconteceu no dia 16 de janeiro, na sede da Assim, no Centro. Este ano, a empresa estima investir cerca de R$ 2,5 milhões em esportes, principalmente porque outros patrocínios poderão surgir ao longo do ano.

- A Assim é uma empresa 100% carioca. O esporte é uma paixão da nossa cidade, é cultural, e tem tudo a ver com saúde. São modalidades distintas, cada uma com a sua importância. Ficamos satisfeitos em poder contribuir com o crescimento e desenvolvimento desses atletas – diz o superintendente geral da Assim, José de Barros.

Renatinho

Renatinho é um garoto de 15 anos, carioca, apaixonado por kart e compete desde 2008. Coleciona mais de 12 títulos, dentre eles o de Campeão Brasileiro em 2009 e 2010. Também ficou em primeiro lugar na Copa Sudeste (2009) e no Campeonato Paulista (2011). Entre as vitórias em 2012, Renatinho foi campeão no Campeonato Sul Fluminense e o primeiro piloto classificado na Seletiva Petrobras de Kart, na Interlagos (SP). Atualmente, na categoria graduado, o adolescente se prepara para dezenas de competições. A primeira do ano será realizada nos dias 26 e 27 de janeiro, em São Paulo.

Edson Rocha

O para-atleta Edson Rocha, de 39 anos, começou a treinar handbike em 2011 e participou das primeiras competições no mesmo ano. Em 2012, ganhou o patrocínio da Assim Saúde e passou a se dedicar também ao duathlon, triathlon e aquathlon, modalidades em que Edson é o único para-atleta representante do Rio. Participou de mais de 20 competições no último ano e em todas teve boa colocação. Além disso, conquistou o segundo e terceiro lugar no Campeonato Brasileiro de Paraciclismo (conveniado ao Comitê Paralímpico Brasileiro), nas categorias Contra-Relógio e Estrada, respectivamente. Sua meta é participar das Paralimpíadas de 2016, no Rio, e seu desafio para 2013 é atravessar de canoa a Baía de Guanabara.

Alunos da UFRJ

Já os estudantes da UFRJ assinaram no ano passado, pela primeira vez, contrato de patrocínio com uma empresa privada. Desde 2003, o grupo não vencia a categoria geral das Olimpíadas Regionais dos Estudantes de Medicina (OREM), realizada todo ano em outubro. Em 2012, a equipe da universidade foi a que mais conquistou troféus em diversas categorias, como futsal e cabo de guerra, e está motivada para garantir o bicampeonato em 2013.