Promovendo Saúde

Dengue

Homem informando através de desenhos em quadros, como se prevenir da Dengue.

DENGUE

O QUE É ?

Uma doença causada por um vírus transmitido pela picada de um mosquito, o Aedes aegypti. Há dois tipos de dengue: a clássica e a hemorrágica. Quando contaminada pela primeira vez, a pessoa contrai a dengue clássica. Havendo uma segunda contaminação, o risco de contrair a dengue hemorrágica é muito maior, sendo esta a forma mais grave e que pode levar à morte.

MOSQUITO

O Aedes aegypti é muito pequeno, menor que um pernilongo comum, escuro e rajado de branco. Costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte. Mesmo nas horas quentes, ele pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa. O mosquito se desenvolve em água parada e limpa.

LOCAIS DE REPRODUÇÃO

? Vasos com prato;
? Plantas criadas em água;
? Vasos de flores ornamentais;
? Pias;
? Tanques;
? Boxes de banheiro;
? Vasos sanitários;
? Ralos;
? Caixas d’água destampadas;
? Bebedouros de animais domésticos;
? Potes;
? Filtros;
? Garrafas;
? Latões.

CICLO DE REPRODUÇÃO

A fêmea adulta do mosquito deposita seus ovos em recipientes com água. Na época da seca, os ovos ficam mais de um ano preservados, até que voltem as chuvas. Ao saírem dos ovos, as larvas vivem na água por cerca de uma semana e se transformam em mosquitos adultos. A fêmea do mosquito volta a picar as pessoas e, quando alcança alguém que está doente, guarda o vírus e retransmite a doença para outras pessoas.

SINTOMAS

Por não ter sintomas específicos, pode ser confundida com várias outras doenças. Os seguintes sintomas podem acometer os pacientes com dengue:
? Dor de cabeça;
? Dor atrás dos olhos;
? Febre (muitas vezes acima de 40 graus);
? Exantema (manchas vermelhas por todo o corpo);
? Dor nos músculos e juntas;
? Falta de apetite;
? Fraqueza;
? Sangramento da gengiva e do nariz (em alguns casos).

TRATAMENTO

O paciente com dengue deve ficar em repouso, beber muito líquido e só usar medicamento para aliviar as dores e a febre, sempre com indicação do médico. O paciente nunca deve tomar remédios à base de ácido acetil salicílico, como por exemplo, Aspirina, AAS e Melhoral.

COMO EVITAR

A única maneira de evitar a doença é não deixar o mosquito nascer. Por isso, é imprescindível acabar com os criadouros (lugares de nascimento e desenvolvimento do mosquito). É necessário que você e sua família tomem sempre os seguintes cuidados:

? Não deixe água parada, mesmo limpa, em qualquer tipo de recipiente, como garrafas, pneus, pratos de vasos de plantas e xaxins, bacias e copinhos descartáveis.

? Não se esqueça de tampar caixas d’água, cisternas, tambores, poços e outros depósitos de água.

? Lave bem os pratos de plantas e xaxins, passando um pano ou uma bucha para eliminar completamente os ovos dos mosquitos. Uma boa solução é trocar a água por areia molhada nos pratinhos.

? Limpe as calhas e as lajes das casas.

? Lave bebedouros de animais com uma escova ou  uma bucha e troque a água pelo menos uma vez  por semana.

? Guarde as garrafas vazias de cabeça para baixo.

? Jogue no lixo copos descartáveis, tampinhas de  garrafas, latas e tudo o que acumula água, mantendo o depósito de lixo sempre fechado.

? Mantenha sempre a limpeza da pia, tanque, boxe  de banheiro, vaso sanitário e ralos.

TOME CUIDADO REDOBRADO NO VERÃO

Para evitar a reprodução do mosquito da dengue não deixe água parada na sua casa (vasos, calhas, garrafas, pneus, tonéis, recipientes e utensílios domésticos), mantenha os sacos de lixo fechados e as caixas d’água sempre tampadas.