Promovendo Saúde

Envelhecer com Saúde

Casal de idosos usando camisa de combate ao câncer de mama, com a mulher tomando água de coco e correndo a beira mar.

ENVELHECER COM SAÚDE

Cada vez mais as pessoas têm a consciência de que a prevenção é fundamental para viver com mais saúde ao envelhecer. Desde o nascimento, os cuidados preventivos com a saúde são essenciais para termos mais qualidade de vida, entretanto, é a partir dos 30 anos que tornam-se mais evidentes os benefícios de tais ações.

É muito importante que seja procurado um serviço de geriatria, especialidade médica que cuida da saúde dos idosos e previne as doenças da velhice.

O estilo de vida saudável é o fator que mais contribui para a manutenção de uma boa condição de saúde em faixas etárias elevadas, por isso, apresentamos a seguir dicas preventivas para ajudar a cumprir essa proposta, contribuindo para um envelhecimento com mais qualidade de vida. Não importa a sua idade, mude os seus hábitos para envelhecer com mais saúde.

DURMA BEM

Quando estamos acordados, as diversas atividades que desempenhamos acarretam um desgaste natural em nosso organismo. Por isso, dormir é uma das necessidades biológicas imprescindíveis para o ser humano. Quando estamos dormindo, descansamos, relaxamos e revitalizamos todo o organismo. O bom sono é essencial na vida, pois é o momento da restauração física.

Como ter um bom sono:

- Durma apenas o necessário para sentir-se recuperado, evitando ficar muito tempo na cama, pois isto pode interferir na qualidade do sono na noite seguinte. Estudos recentes demonstraram que o ideal é dormir entre no mínimo sete e no máximo oito horas por noite. Também é fundamental manter uma rotina, com horários regulares para adormecer e despertar, todos os dias da semana.

- Evite bebidas com cafeína à noite. Café, chá preto, chimarrão, chocolate, guaraná e refrigerantes à base de cola são estimulantes do sistema nervoso e, assim como as bebidas alcoólicas ingeridas à noite, podem prejudicar a respiração, estimular o ronco e provocar sonhos desagradáveis.

- A nicotina tem efeitos nocivos diversos, inclusive sobre o sistema nervoso, sendo prejudicial ao sono. Procure auxílio médico e pare de fumar.

- Para que seu sono seja tranqüilo, prefira dormir em ambiente escuro, silencioso, bem ventilado e com temperatura agradável.

- Não durma com fome, mas também não faça refeições pesadas até três horas antes de dormir. Prefira refeições leves à noite.

- Lembre-se, caso aconteça uma noite de insônia, você não deve permanecer na cama forçando o sono. Procure uma atividade fora da cama e só retorne quando sentir novamente sono.

- Atividades físicas muito intensas, quando realizadas à noite, também podem ocasionar um retardo na chegada do sono.


MANTENHA HÁBITOS SAUDÁVEIS

Não fume, não use drogas, evite as bebidas alcoólicas em excesso e busque diminuir o nível de estresse. Todos esses fatores são extremamente prejudiciais à saúde. Procure controlar o estresse e tente, sempre que possível, realizar atividades alternativas para aliviá-lo, como meditação, relaxamento e ioga. A auto-estima também é fundamental para manter uma vida mais saudável.

EVITE A AUTOMEDICAÇÃO

Existem situações nas quais é importante buscar rapidamente orientação médica, como por exemplo, dores que não passam com a medicação habitual, falta de ar persistente, perda de peso em poucos meses, tosse persistente, insônia ou excesso de sono e febre persistente. Nesses casos, não se automedique e procure a avaliação médica.

PARTICIPE DE ATIVIDADES SOCIAIS

A convivência social saudável é um ótimo remédio contra a depressão, a solidão e o isolamento. É muito importante participar de atividades em grupo, como passeios ao ar livre, danças e viagens. Mantenha sempre uma relação positiva com as pessoas e um bom senso de humor.

DESENVOLVA ATIVIDADES INTELECTUAIS

Mantenha-se ativo intelectualmente por meio de jogos, leituras e outros hábitos que ajudam a preservar a memória. Lembre-se que a fixação de novas informações se consolida durante o sono, por isso é importante estar com este em dia.

Faça palavras cruzadas em nível crescente de dificuldade. Preste atenção a tudo o que faz e aos detalhes do que está a sua volta. Repare nos gestos e nas expressões faciais das pessoas com quem você fala, pois desta forma você estará se ajudando a recordar rostos, nomes e ocasiões.

MANTENHA UMA BOA ALIMENTAÇÃO

Os maus hábitos alimentares têm provocado um aumento de obesos na população brasileira. Isso é resultado da sociedade moderna, que cada vez mais inclui em sua dieta diária uma sobrecarga de alimentos ricos em proteínas, carboidratos e gorduras.

A dieta rica em alimentos calóricos, aliada a uma exigência social cada vez maior pela magreza e pelo corpo perfeito, tem provocado um aumento dos problemas psíquicos e emocionais, ocasionando graves distúrbios alimentares que comprometem a saúde e a qualidade de vida das pessoas.

Com a dieta incorreta, as pessoas acabam não consumindo as quantidades necessárias de certos nutrientes essenciais para o organismo, tais como vitaminas, minerais e ferro. Nosso organismo não tem como alertar, de imediato, a carência dos nutrientes e essa "fome oculta" de nutrientes deixa o organismo fragilizado, desencadeando estresse, processos infecciosos (como gripes e resfriados) e alterações de comportamento (desânimo, mau-humor e irritabilidade).

A chamada "fome oculta" ainda aumenta o risco de danos aos vasos sangüíneos e reduz as defesas orgânicas contra agentes causadores de doenças, diminuindo a possibilidade de controle, no estado inicial, de muitas doenças mais graves.

A capacidade de proteção do organismo é fornecida por meio de uma alimentação adequada, variada e controlada, com horários de refeições regulares, de preferência em local tranqüilo, associada a hábitos saudáveis e atividade física moderada e rotineira. Por isso, prefira verduras, legumes, frutas e carnes magras. Sempre que possível, evite gordura, sal, açúcar, frituras, carnes gordas, refrigerantes, petiscos e alimentos industrializados.

PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS

A Organização Mundial da Saúde considera a prática de exercícios físicos como a melhor forma de prevenir os males ligados ao envelhecimento.

A atividade física contribui diretamente para o controle da obesidade, do diabetes, da hipertensão arterial, da osteoporose, do colesterol alto e das doenças do coração; melhora o condicionamento físico e a disposição para executar as atividades diárias; evita o estresse, a depressão e o isolamento.

Sua prática é recomendada para fortalecer os ossos e os músculos, através da caminhada e de outros exercícios de baixo impacto. Lembre-se que antes de começar uma atividade física é fundamental uma avaliação médica e acompanhamento de um profissional especializado.

PREVENIR-SE DESDE CEDO É A MELHOR MANEIRA DE ENVELHECER COM MAIS QUALIDADE DE VIDA.
Todos podem e devem planejar suas vidas, preparando-se sempre para o envelhecimento ativo, através da busca de um estilo de vida saudável. Adote hábitos saudáveis em todas as etapas da vida, buscando uma alimentação equilibrada e praticando exercícios físicos regulares (sempre orientado por serviço médico e profissional capacitado).